Fenacor

SITES RESPONSIVOS PARA CORRETORA
E CORRETORES DE SEGUROS
FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Sites Responsivos

Adequam-se a tablets e smartphones.
CONHEÇA OS MODELOS

Sites Personalizados

Caso queira algo diferente podemos desenvolver um site totalmente personalizado.

CONSULTE-NOS

Instalação e manutenção do conteúdo do site

Você não precisa se preocupar em criar o seu site, esse é o nosso negócio.
Basta nos enviar todo o contéudo necessário e nós ativamos o seu site.
A atualização de conteúdo é por nossa conta, você só precisa nos enviar a solicitação.

Valores


TAXA DE INSTALAÇÃO DO SITE PADRÃO
R$ 249,90 (parcela única)

MENSALIDADE
Corretor Associado:
R$ 34,90

Corretor não associado:
R$ 39,90

MODELOS

Site responsivo ajustam-se à tela do aparelho eletrônico utilizado reposicionando os elementos do site, a fim de mantê-lo funcional em vários formatos e tamanhos de tela.

ESCOLHA SEU MODELO

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.


Notícias do Mercado de Seguros

Preço do seguro explode no Rio de Janeiro
Seg - Abril 24, 2017 6:30 pm  |  Artigo Acessos:4135  |  A+ | a-
Fonte: CQCS

O preço do seguro de veículos está “explodindo” no Rio de Janeiro. A afirmação foi feita pelo presidente do Sindicato das Seguradoras RJ/ES, Roberto Santos.

Segundo ele o rápido aumento da sinistralidade está levando as seguradoras a adotarem também muitas restrições antes de assumirem novos riscos em determinadas regiões, principalmente da capital do estado. “Até mesmo na Zona Sul, que sempre foi mais calma, estamos apurando uma frequência muito elevada de roubos e furtos”, comentou Roberto Santos, durante evento promovido pelo Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro.

Ele acrescentou que o mercado “não gosta de aumentar preços”, pois, quando isso ocorre, há redução da frota segurada, fato que já vem sendo constatado no Rio de Janeiro.

Além disso, os resultados apurados tendem a ser insatisfatórios para as seguradoras. “Os nossos dados e os da Fenseg indicam que não há qualquer companhia trabalha no azul no Rio de Janeiro”, frisou o executivo.

Para o presidente do Sindicato das Seguradoras, a situação é muito crítica e não há “sinal que vá mudar”, até porque a crise na economia local está atingindo em cheio a polícia. “Não há contingente de policiais suficiente para trabalhar no combate aos roubos e furtos de veículos. Este é, sem dúvida, o momento mais crítico que eu presenciei em 37 anos no mercado de seguros”, concluiu.
Top