Fenacor

SITES RESPONSIVOS PARA CORRETORA
E CORRETORES DE SEGUROS
FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Sites Responsivos

Adequam-se a tablets e smartphones.
CONHEÇA OS MODELOS

Sites Personalizados

Caso queira algo diferente podemos desenvolver um site totalmente personalizado.

CONSULTE-NOS

Instalação e manutenção do conteúdo do site

Você não precisa se preocupar em criar o seu site, esse é o nosso negócio.
Basta nos enviar todo o contéudo necessário e nós ativamos o seu site.
A atualização de conteúdo é por nossa conta, você só precisa nos enviar a solicitação.

Valores


TAXA DE INSTALAÇÃO DO SITE PADRÃO
R$ 249,90 (parcela única)

MENSALIDADE
Corretor Associado:
R$ 34,90

Corretor não associado:
R$ 39,90

MODELOS

Site responsivo ajustam-se à tela do aparelho eletrônico utilizado reposicionando os elementos do site, a fim de mantê-lo funcional em vários formatos e tamanhos de tela.

ESCOLHA SEU MODELO

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.


Notícias do Mercado de Seguros

O que fazer quando pagamento for cancelado?
Seg - Abril 3, 2017 5:03 pm  |  Artigo Acessos:2259  |  A+ | a-
Fonte: cqcs

Muitos Corretores têm reclamado do cancelamento de débito automático dos clientes. Em casos assim, o Corretor deve agir com cautela e entrar em contato de imediato com o segurado.

Em entrevista ao CQCS, o Corretor Ednir Fornazzari afirmou que já teve casos com segurados em que precisou fazer um novo seguro, outra proposta e outro orçamento para ser emitida uma nova autorização bancária.

“Percebi que algo tinha dado errado no contrato quando a companhia seguradora estornou a comissão da minha conta. Fiquei sem entender, já que não houve nenhum cancelamento por parte do cliente, muito menos da minha. Quando procurei me informar, a companhia alegou que o débito não foi confirmado”, disse Fornazzari.

Ednir afirmou que o cancelamento do débito automático feito pelos bancos atrasou o trabalho da Corretora como um todo. E ele foi obrigado a pausar suas atividades para regularizar o processo. Ele revelou que tudo foi feito com calma, para que o cliente não tivesse perdas e nem ficasse estressado.

Para Auri Bertelli, presidente do Sincor SC, o ideal é acompanhar os vencimentos, e sempre que possível, pedir que a seguradora emita o boleto. “Estamos alertando aos Corretores em nossos eventos, e muitos estão deixando de operar com as seguradoras que apresentam complicações”. 

Corretor há 36 anos, Carlos Valle acredita que é de suma importância o Corretor fazer o acompanhamento do pagamento e deixar o cliente ciente de que será debitado o valor na sua conta. Valle ainda revela que não tem sofrido com esses problemas em sua Corretora, graças a um modelo de correspondência que foi implantado e está sendo repassado aos clientes.

“Algumas seguradoras estão voltando aos modelos anteriores e oferecendo o pagamento em quatro parcelas sem juros no carnê e por mais que exista um sistema, a melhor forma de se evitar o problema é o trato pessoal. Só o Corretor de Seguros, junto ao cliente pode mantê-lo informado sobre o processo de pagamento”, ressaltou Valle.
Top